sábado, 7 de abril de 2018

Tela gigante de LED da Samsung para cinemas...

Crédito: Divulgação/Samsung

Publicado originalmente no site TNH1, em 05/04/2018 

Tela gigante de LED da Samsung para cinemas já está disponível no Brasil

Em um evento realizado nesta quinta-feira, 5, em São Paulo, executivos da Samsung confirmaram ao Olhar Digital a chegada ao Brasil da tela LED gigante para cinemas que a empresa anunciou internacionalmente em abril do ano passado.

João Hiroshi, gerente da divisão de monitores da Samsung no Brasil, comentou a chegada do Cinema LED ao Brasil enquanto apresentava uma série de novos monitores voltados ao mercado corporativo, incluindo a lousa digital Flip.

Outro executivo, que pediu para não ser citado na matéria, confirmou a disponibilidade da "TV gigante" no mercado brasileiro. Ele afirmou que a Samsung está em negociação com redes de cinema do país para estrear a nova tela, mas não pode dizer quais são elas.

Do mesmo modo, os executivos não souberam indicar uma previsão para a inauguração da primeira sala de cinema com essa nova tela no Brasil. Fora do país, já existem cinemas usando essa tecnologia, que substitui projetores comuns, na Coreia do Sul e na Suíça.

A Cinema LED tem 406 polegadas de resolução 4K (4.096 x 2.160 pixels), além de oferecer suporte à tecnologia HDR, que realça e equilibra tons escuros e claros na imagem. Existe ainda uma variante dessa tela que oferece suporte a filmes em 3D.

Normalmente, a tela de um cinema é feita de um tecido ou uma simples parede branca capaz de refletir a luz que é jogada sobre ela a partir de um projetor que fica do lado oposto da sala. A Cinema LED substitui isso tudo por uma "TV gigante".

Além disso, a tecnologia oferece um brilho máximo 10 vezes superior ao dos projetores comuns. Isso, nas palavras de Hiroshi, pode oferecer novas possibilidades de exibição de filmes, como salas de cinema com luzes acesas, por exemplo.

Fonte: Olhar Digital

Texto e imagem reproduzidos do site: tnh1.com.br

quarta-feira, 21 de março de 2018

Como é que é? | Funcionamento do Cinema

Memória do visual gráfico da Rede Telecine, canais da Globosat


Mudanças Canais Telecines

O canal Telecine, foi transmitido pela primeira vez no ano de 1991, criado pela Globosat para atender os assinantes da antiga NetSat, Net Cabo e posteriormente a Sky, o canal exibia filmes para todos os gostos, mas como todo canal Premiun, sem intervalos comerciais.
  

O Telecine cresceu, e ganhou novos irmãos: Telecine 2, Telecine 3, Telecine 4, Telecine 5.

Algum tempo depois, uma nova modificação nos canais de Filmes da Globosat era anunciada, além de novos logos, eles iriam ganhar novos nomes: Telecine Premium, Telecine Action, Telecine Emotion, Telecine Happy e Telecine Classic, a proposta era dar identidade a cada canal, especificando o gênero de cada um.



A Globosat não satisfeita acabou fazendo outra mudança, transformou o Telecine Emotion no Telecine Light, o Telecine Happy virou Telecine Pipoca e Telecine Classic foi re-batizado de Telecine Cult, lembrando que o mesmo já foi chamado de Telecine Gallery...



  
  
Em 22/10/2010 o assinante que já estava acostumado com os "novos" Telecines", mais uma vez, tiveram que pegar o bloquinho de anotações e registrar mais uma vez outra mudança da Rede Telecine.

Lembra do Telecine 3, que já foi Telecine Emotion e Telecine Light, pois é, a partir de outubro de 2010 o canal foi rebatizado pela quarta vez, e passou a se chamar Telecine Touch, além dessa mudança os cinco Telecines ganharam o sexto irmão, o Telecine Fun.

Veja como ficaram os canais Telecines em 22/10/2010

   
Telecine Premium versão SD - O canal exibe os principais filmes, estréias e filmes ganhadores de prêmios renomados.

Telecine Premium HD - é a versão HD do principal canal da Rede, lançado dia 22 de Outubro de 2010. Exibe na programação, uma seleção de filmes de diversos gêneros e em alta definição com som Dolby Digital 5.1. É o canal dedicado a lançamentos.

Telecine Action versão SD - Dedicado exclusivamente a exibição de filmes de ação, aventura, suspense, terror e eróticos.

Telecine Action HD - Lançado no dia 22 de Outubro de 2010, o canal é a versão em Alta Definição do canal Telecine Action, dedicado a filmes de ação, suspense e terror.

Telecine Touch - Lançado no dia 22 de Outubro de 2010, é dedicado para a exibição de filmes de romance, drama, comédia e de temática mais séria. Exibe produções independentes mundiais na sessão Cinemundi, que mostra produções fora do âmbito de Hollywood. Foi o sucessor do Telecine Emotion.

Telecine Fun - foi lançado oficialmente no dia 22 de Outubro de 2010. Focado em animações, comédias, comédias românticas e filmes infantis dublados.

Telecine Pipoca versão SD - Exibe os principais filmes e estréias; ganhadores do Globo de Ouro, Oscar e outros prêmios. Como o Telecine Fun, o Telecine Pipoca não exibe seus filmes legendados, e sim dublados.

Telecine Pipoca HD - foi escolhido por meio de uma votação, em parceria com a NET. O canal estreou no dia 31 de janeiro de 2010, trazendo os melhores filmes dublados e em alta definição.

Telecine Cult - Exibe exclusivamente produções alternativas e clássicos "cult", com programação direcionada para cinéfilos e também apresenta filmes clássicos...

Trechos de artigo e imagens reproduzidos do site: supercanaltv.com.br

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Luzes do Cinematógrafo – Uma história cinematográfica







Publicado originalmente no site Interligado Online, em  26 de outubro de 2017

Luzes do Cinematógrafo – Uma história cinematográfica

Por Cláudio Cordeiro 

(...) A exposição denominada “Luzes do Cinematógrafo – Uma história cinematográfica”, do Museu do Cinema Carlos Scalla.

A exposição apresenta 30 peças de 1898 até os dias atuais, pertencentes ao cineasta para apresentar às pessoas uma parte importante da história do cinema nacional e mundial...

Grande parte do acervo foi usado pelo cineasta muriaeense, Carlos Scalla, e outras foram adquiridas, restauradas e hoje podem ser apreciadas na instituição criada em Muriaé pelo filho, Bruno Scalla, como forma de homenagear o pai.

O acervo conta ainda com o raro conjunto Pathé Baby 9,5mm, utilizado por Humberto Mauro em 1925, quando realizou seu primeiro filme (Humberto Mauro é considerado o “pai do cinema brasileiro”).

“Mais do que expor peças, a mostra pretende criar uma reflexão sobre a memória, educação, conscientização e preservação através de equipamentos cinematográficos”, afirma Bruno Scalla. 

Texto e imagens reproduzidos do site: interligadonline.com