terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Luzes do Cinematógrafo – Uma história cinematográfica







Publicado originalmente no site Interligado Online, em  26 de outubro de 2017

Luzes do Cinematógrafo – Uma história cinematográfica

Por Cláudio Cordeiro 

(...) A exposição denominada “Luzes do Cinematógrafo – Uma história cinematográfica”, do Museu do Cinema Carlos Scalla.

A exposição apresenta 30 peças de 1898 até os dias atuais, pertencentes ao cineasta para apresentar às pessoas uma parte importante da história do cinema nacional e mundial...

Grande parte do acervo foi usado pelo cineasta muriaeense, Carlos Scalla, e outras foram adquiridas, restauradas e hoje podem ser apreciadas na instituição criada em Muriaé pelo filho, Bruno Scalla, como forma de homenagear o pai.

O acervo conta ainda com o raro conjunto Pathé Baby 9,5mm, utilizado por Humberto Mauro em 1925, quando realizou seu primeiro filme (Humberto Mauro é considerado o “pai do cinema brasileiro”).

“Mais do que expor peças, a mostra pretende criar uma reflexão sobre a memória, educação, conscientização e preservação através de equipamentos cinematográficos”, afirma Bruno Scalla. 

Texto e imagens reproduzidos do site: interligadonline.com