domingo, 9 de novembro de 2008

Carretéis para filmes de 16, 35 e 70mm.


Os carretéis para filme 16 mm. são de três tipos: pequenos, médios e grandes, podendo ser de ferro ou plástico. Os pequenos são usados para filmes curtos da década de 40/50, como os de Carlitos, desenhos animados e trailers. Os médios são usados para documentários e cines-jornais da década de 50. Os grandes, para filmes completos, são compostos de dois a três carretéis e são transportados em maletas de couro amarradas com um cinto e alça, que carregam dentro fotos e cartazes do filme. Também podem ser transportadas em latas de alumínio ou de plástico. Já os filmes de 35mm. são transportados em grandes maletas de ferro. Nos antigos projetores de 35mm, usados, principalmente, em cabines de cinematecas que, até hoje, mantêm o funcionamento antigo, usa-se ainda os dois carretéis: um fica em cima - que alimenta o projetor, e o outro, embaixo - que é o receptor. Ao terminar a projeção vai para a enroladeira, sendo passado para um carretel próprio. Terminada a rebobinagem, é aberto em duas bandas, para que o projecionista retire o rolo e o recoloque dentro das latas. Além das bandejas giratórias, algumas cabines de projeção usam torres motorizadas, com carretéis gigantes, nos quais cabem todas as partes emendadas do filme. Alguns acessórios citados aqui, só são encontrados em museus, cinematecas ou em acervos particulares de cinéfilos colecionadores, pois, com o avanço tecnológico, tudo isso começa a ficar em desuso.


Armando Maynard

7 comentários:

Curso de Historia - FTC - EAD disse...

OS Carretéis da história do cinema estão passando, é mesmo eu não me impressionaria com isso o que me impressiona é a história que esses carretéis fizeram acontecer e tem sido despresada pelas autoridades a exemplo o CINE RIO BRANCO que hoje é só uma faichada esquecida em meio ao calçadão, o Cine Aracaju esquecido e por ai vai ...

Daniel Savio disse...

Hum, interessante, mas surgiu uma pergunta, entre os três tipos (16, 35 e 70 mm) há alguma diferença na qualidade da projeção?

Fica com Deus, Armando.
Um abraço.

Armando Maynard disse...

Caro Daniel,quanto da projeção de bitolas diferentes o mais relevante a ser destacado é o tamanho das telas. O 16mm. apesar de poder projetar em telas de cinemas normais(observando sempre a distância entre o projetor e a tela),os fotogramas começam a perder a granulação, caindo muito a definição das imagens, como também diminuindo a luminosidade. O 35mm. é o mais comum, usado comercialmente, hoje alcançando uma imagem e som de altíssima qualidade. O 70mm. é uma tela muito maior, existindo poucos cinemas no Brasil.Aproveito para dizer que em São Paulo está para inaugurar o primeiro cinema IMAX do país, que possui tela gigantesca cuja bitola da fita é de 70mm.com imagem correndo horizontalmente,como o antigo vistavision. Voltarei brevemente ao assunto em postagem.(Aos leitores,cinéfilos e blogueiros sintam-se a vontade para acrescentar ou corrigir qualquer informação incorreta, pois ficarei muito grato, na vida somos eternos aprendizes).

Jaya disse...

Armando,

Acabei de ler teu comentário lá no blog. Visitei teus três blogs e já sei que vou voltar pra pegar as dicas desse mundo que me encanta, muito: o cinema.

Passei pra agradecer a visita e convidá-lo a voltar sempre que quiser.

Em tempo: o texto que você leu, é fictício. Minha rabugice não chega a tanto. Haha.

Beijo.

lpzinho disse...

Olá Armando!
Acho, ou melhor tenho certeza q é a minha primeira visita aqui... tenho respondido seus comentários no outro blog não é?
Puxa que bacana entrar aqui e ver que blog interessante, de conteúdo e inteligente vc mantém!!
E mais, foi mto gostoso ler o post atual, inclusive pq ao ver os carretéis me lembrei de outro tipo de carretel, que se usava mto em rádio até os anos 80, tenho algumas coisas aqui em casa ainda, em algum lugar dos tempos das FMs q eu trabalhei!
Bom demais ler seus textos!
Parabéns sempre e sucessos mil!

Stela B. de Almeida disse...

Armando Maynard

Encontrei seus comentários no Blog Cultura, Política e Cinema, obrigada.

As informações técnicas do seu blog mostram a voracidade da indústria cinematográfica, joga-se na lata do lixo tudo que não passa no parâmetro hedonista. Gostei das dicas encontradas aqui.

Um abraço.

Jefferson disse...

Tenho um projetor Bell e Howell, mas me faltam os dois carreteis para as peliculas de 16 mm.Gostaria de saber como posso e onde adquirir esses carreteis.
Aguardo resposta.Agradecido.
Atenciosamente,
Jefferson Penha
Jefferson.penha@gmail.com
08/06/2009